quarta-feira, 24 de junho de 2009

Fds duzinferno, Concurso público, Murphy e afins...




Não... dessa vez, eu não fiz o concurso, eu trabalhei nele.

E daí que vocês sabem que Murphy me ama... mas talvez vocês não saibam que eu dou bola pra ele.

Como assim, Bial?

Vamos lá.

Concurso do TRE aqui do MA. Fui trabalhar. Fui sábado pra uma reunião besta, às 8h30min da manhã, morto de sono, tudo e talz... Ok... Um cara metido a engraçadinho foi contando os causos de todos os concursos do mundo, e depois dando as instruções. No final, avisa que as pessoas, preferencialmente, deveriam trajar camisa branca e calça preta. Ok, ok. Eu tenho UMA, é verdade camisa branca, e calça preta eu tenho aos montes. Ok.

Voltei pra casa, tudo e talz... como sabia que a camisa tava lavada, dentro do guarda-roupa, deixei quieto.

Fui dormir às 2h da manhã, e acordei às 5h, porque tinha que tá lá no onde iam ser aplicada as provas às seis. (É, Fátima... às seeeeeeeeeeeeeeis da manhã de um domingo! Me diz se tinha como não ser um fds duzinferno acordando às 7h de um sábado e às 5h de um domingo?! NÃO, né?! Pois é!). OK. Tomei aqueeeeele banho com a água mooorta de gelada, talz... fui me vestir. Pego a roupa, tudo e talz.

Ow, gente...

A porcaria da camisa tava o puro mofo.

É. Quem manda eu não checar as coisas antes?

Porque como tá em época de chuva aqui em São Luis, ainda, roupa que fica muito tempo guardada fica o puro. E não ia ser diferente com as minhas roupas só porque eu sou lindo, gostoso, maravilhoso e sensacional, né? Né! Pois é!

"Ahhh, é só passar uma alfazemazinha que tira o fedor rapidinho", pensei. Tá, nao era o ideal, mas já eram 5h40min e eu aindatava me arrumando, ou seja: eu ia me atrasar!

Vesti a calça, talz, coloquei a camisa - já devidamente pseudo-perfumada [porque vocês juram que o fedor de mofo saiu completamente, né?], fui abotoando-a. Percebi três coisas:

1) a porcaria da camisa ficava muito bem quando eu era um monstro muito gordo. Agora que eu perdi meus 52 kg, ela fica morta de folgada. Cabiam quase 2 Thyagos dentro do troço;

2) tinha caído uma porcaria de um botão da camisa, o bem de cima. Ou seja: eu tava parecendo um bicheiro, com o peito cabeludão pulando pra fora da camisa. Faltou só o cordãozão de ouro pra completar o look mas esse já tá penorado na Caixa ha décadas! aushuahsauh. Pois é.

e 3) a merda da camisa, além de fedorenta, grande e sem botão, tava com uma puta mancha vermelha, bem no meu peito. É, vermelha. Porque claro que não poderia ser ao menos uma corzinha menos forte, tinha que ser um vermelhão. E não, eu não sei de onde aquela porra surgiu. Foi a hora que eu resolvi chamar minha querida mamãe que eu não tinha chamado até entao porque sabia que ela ia me esculhambar por não a ter avisado antes sobre com que roupa eu iria, pra ela poder ver se tava tudo direitinho... enfim... . Ela pegou, me esculhambou e tentou dar uma esfregadinha ao menos na mancha, pra ver se saía.

Vocês juram que saiu, né?

Pois é!

Meti uma camisa preta por baixo, tasquei a camisa branca ridícula - jogarei este nojo fora, é fato! - por cima e fui. Sem nem tomar café, é verdade também.

Cheguei lá, me escondi num cantinho, pro povo num ver a sitação em que eu me encontrava e lá fiquei, até mandarem subirmos pra ajeirtarmos as salas. Claro que assim que eu cheguei à sala a primeira coisa que eu fiz foi jogara tal camisa dentro da mochila que eu havia levado, porque diferente de todo mundo sim, mas fedido, desabotoado e manchado, jamais. Porque depois ainda iam dizer "ah, o meu chefe de sala era um gordo todo fedorento e lambudo!". Pois é: outro, mas não eu!

Enfim. [Doido, esse post vai ficar imenso! rs Juro que tentarei resumir pra vcs! ^^]

Abriram os portões, o povo foi entrando, talz... um monte de gente boa no corredor. Pensei "tomara que entre ao menos alguem decente nesta sala, pra eu poder me entreter olhando..." Ok.

Entraram os 51 que foram fazer prova pela manhã. SÓ CÃO!

O melhor de tudo era: tinha 2 pessoas que eu tava botando fé, que tinham mó cara de que iam passar. Quê que aconteceu? Foram as duas primeiras a entregar, sendo que o cara - que nem era daqui, era da Bahia, não se deu ao trabalho NEM de fazer a redação. Eu ainda intervi, dizendo "Ei, tu esqueceste de transcrever a redação", no que ele responde "Não, eu não vou fazer não, eu tow completamente esgotado".

Como assim, Bial?!

O doido vem do quinto dos infernos pra fazer prova e sai com menos de 2h, sem responder a redação, "porque tá esgotado"?! Ahhh, vá tomar no cu e morrer, isso sim! banho!

Pois é. Não vou nem comentar do almoço que serviram lá, pq isso daria até um post sozinho. Passemos pro turno da tarde...

À tarde iam ser as provas de ensino médio. Se de manhã, com ensino superior, as coisas já tinham sido daquele jeito, avalie à tarde, né? Né! Pois é!

Pra começo de conversa, eu não sabia que se conseguia escrever o nome "Edgar" de tantas formas... serinho! Edgar, Edgard, Edigar, Edighard... tu é doidoooo! Mas enfim... Além das 19 Edilenes que haviam na minha turma, mas tudo bem.

Então...

Ensino médio, né?

Aí parece que todo mundo resolve que quer virar concurso público porque eles acham que qualquer anta passa em concurso. Porque tipo:

1) sabe aqueles formulários que tem tipo uns quadradinhos, que a gente vai preenchendo as coisas, como nosso nome, endereço, talz? Pois é! No gabarito, tinha esse espaço pros nomes... Além das antas dos candidatos inteligentíssimos me perguntarem se eles tinham que colocar o nome lá, ainda vieram me perguntar se tinha que colocar um espaço entre os nomes.

Não, Fátima! Tu vais colocar aí que nem é o teu email, sem espaço e sem acentos! ¬¬'

(se bem que se eu falasse isso, era capaz dos jumentos me perguntarem o que era e-mail, mas tudo bem... )

Enfim... Depois de 14 horas de trabalho inetenso, cheguei em casa, com a garganta meio ruinzinha...

Quando eu acordei segunda, a minha garganta simplesmente não prestava pra nada. Fui parar no hospital, pra poder tomar um remédio... E hoje tow numa gripe escrota, com a cabeça e o peito me doendo de tanto tossir...

Detalhe1: há 3 semanas eu fui chamado pra uma entrevista. Depois me ligaram dizendo que eu tinha passado pra segunda fase, e que era pra eu esperar me ligarem pra segunda parte. Ok, tudo lindo.

Vocês sabe quando foi que resolveram me ligar?

Hoje, que eu tow quebrando que é uma beleza, e com uma corisa duzinferno.

Porque tinha que ser, né?

Né!

Pois é!

Xeru, ótimo São João pra vocês! ^^

8 comentários:

  1. É cada louco..

    19 edilenes, amigo?

    E por que tu não foi todo sexy com o peludinho de fora? auhauhauahuahuahauhauahuahauahuahauhaua.. Imagina 19 edilenes te secando? Por isso que tu ficaste doente, só olho delas.. kkkkkkkkk

    Tu fez tipo eu com isso daí de resolver pegar a roupa de última hora pq acha que tá tudo no lugar e sempre dá merda..

    Cada coisa..

    ResponderExcluir
  2. ahhhhhhhhhhhhhhhhh, jah era!

    hahaha azarado...


    Abraços

    ResponderExcluir
  3. affff fedido a mofo auhauhuahuahuahuah
    realmente murphy te ama

    Haphisa

    ResponderExcluir
  4. Agora, convenhamos, Murphy não teve nada a ver com a sua idéia de não olhar a camisa, né?! =P
    Murphy teria a ver se você fosse somente com essa camisa e na sua sala todas as "Edilene" fossem bonitas. Isso seria impagável! No que você fosse pedir o telefone de uma delas, ela te responder, "joga no cavalo com cachorro e vai-e-volta!"

    ResponderExcluir
  5. Sucesso na entrevista, Polary, até porque os temas deste blog poderão mudar consideravelmente.
    Já percebeu que ninguém desejou isso até agora?

    ResponderExcluir
  6. Fato, Alberto! Porque os meus queridos leitores deste blog gostam é da desgraça alheia! Desejar boa sooooorte pra mim, pra quêêêêê?! Baaaaando de sacanas! rs

    ResponderExcluir
  7. Hahahahahaah!!!
    Morri de rir.
    Boa sorte na entrevista!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Vida mais fodida?
    A sua! Hahahahaha

    ResponderExcluir